Home / EDUCAÇÃO / Professores da UFPE aderem a paralisação nacional nas próximas quarta e quinta

Professores da UFPE aderem a paralisação nacional nas próximas quarta e quinta

Os professores da Universidade Federal de Pernambuco, em Assembleia Geral Extraordinária, aprovaram a adesão à paralisação nacional pela educação marcada para quarta (2) e quinta-feira (3). A reunião para votação foi convocada pela diretoria da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco (Adufepe).

A associação afirma estar “preocupada com a atual conjuntura sociopolítica que o país enfrenta, bem como com o risco iminente de implosão do sistema de ensino público gratuito, de qualidade, inclusivo e popular”.

A Adufepe afirmou que vai definir as atividades para o período de paralisação na tarde desta segunda-feira (30), junto com o movimento estudantil. Além disso, a Adufepe também fará parte do grande ato no Congresso Nacional, em Brasília.

“Ditadura”

Na reunião, o professor Audísio Costa, diretor da Adufepe, afirmou que o Brasil vive “a pior ditadura. “Nós estamos vivendo a pior ditadura desse país, a ditadura do capital financeiro internacional, onde você não sabe quem é o inimigo. Sem uma grande mobilização, a gente não derrota o governo”, disse.

Ex-ministros da Educação e membros do Fórum Nacional Popular de Educação vão se reunir na quarta-feira (2) para apresentar documentos com diagnósticos, propostas políticas e estratégias destinadas ao campo educacional no intuito de reverter o que eles chamam de “ameaças” do governo federal.

Em paralelo, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) programou uma Marcha pela Ciência. A União Nacional dos Estudantes (UNE) fará uma paralisação para chamar a atenção para as questões dos alunos, como os cortes das bolsas.

About admin

Check Also

Professores pressionam prefeita por precatórios do Fundef

Em clima quente durante mais um ato de luta pela garantia de direitos os professores ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *